Vinho tinto Vietti Barbera d’Alba Tre Vigne
Itália
Piemonte, Itália

Vinho tinto Vietti Barbera d’Alba Tre Vigne

Intenso e puro, o Barbera d’Alba Tre Vigne é elaborado com uvas de três vinhedos distintos. O resultado é um tinto rico em aromas frutados, lembrando cereja preta madura e ameixa, além de notas de violeta, especiarias doces e um toque terroso. O Barbera dAlba “Tre Vigne” de Vietti é um tinto para a mesa, vibrante e perfeito com carnes e massas em molhos escuros

Harmonizações:
Bastante versátil para a mesa do dia-a-dia. Combina com diversos pratos à base de carnes, coelho e aves de caça (grelhadas, assadas ou cozidas), bem como com pizzas e massas com molhos intensos.
CT
89
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$249,00
R$221,00

Em até 3x de R$73,67 s/ juros

Intenso e puro, o Barbera d’Alba Tre Vigne é elaborado com uvas de três vinhedos distintos. O resultado é um tinto rico em aromas frutados, lembrando cereja preta madura e ameixa, além de notas de violeta, especiarias doces e um toque terroso. O Barbera dAlba “Tre Vigne” de Vietti é um tinto para a mesa, vibrante e perfeito com carnes e massas em molhos escuros
Mais informações
País: Itália
Região:
Produtor:
Uva: Barbera
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2015
CT
89
Vinho tinto Vietti Barbera d’Alba Tre Vigne

Tradicional com controle de temperatura

Bastante versátil para a mesa do dia-a-dia. Combina com diversos pratos à base de carnes, coelho e aves de caça (grelhadas, assadas ou cozidas), bem como com pizzas e massas com molhos intensos.

A história da azienda da família Vietti tem sua origem no século XIX. Mas, foi apenas no início do século XX que a Vietti passou a engarrafar e comercializar seus vinhos. O patriarca Mario Vietti produziu, em 1919, os primeiros vinhos Vietti. A partir de 1952, Alfredo Currado (genro de Mario) deu continuidade ao legado deixado pelo sogro e a vinícola Vietti se tornou uma das melhores casas do Piemonte. Alfredo foi um dos primeiros produtores a selecionar e vinificar uvas de vinhedos singulares, os “crus” piemonteses, tais como Brunate, Rocche e Villero. Ele também ficou conhecido como o “pai da Arneis”, pois em 1967 investiu muito tempo e energia para redescobrir e entender essa variedade de uva branca piemontesa quase extinta. Os vinhos dos Vietti estão, sem dúvida, entre os melhores do Piemonte e de toda a Itália. São joias produzidas em pequena quantidade, adorados por consumidores e elogiados pelos especialistas.