Chile
Cachapoal, Chile

Vinho tinto Tabalí Pedregoso Gran Reserva Carménère

Tabalí Pedregoso Gran Reserva Carmenère é um Carménère chileno intenso e sofisticado. Este vinho tinto ostenta camadas de aromas, como especiarias (pimenta e noz moscada), frutas pretas e chocolate. Na boca, mostra equilíbrio entre as notas frutadas e as da barrica, tem taninos sedosos e um final longo e atraente.

Harmonizações:
Ideal para acompanhar pratos à base de carnes vermelhas ou carnes brancas com molhos de vinho tinto, como strogonoff e boeuf bourguignon.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$99,00
R$92,00

Em até 3x de R$30,67 s/ juros

Tabalí Pedregoso Gran Reserva Carménère tem uma produção meticulosa, com seleção dos cachos e envelhecimento em barrica durante dez meses
Mais informações
País: Chile
Região:
Produtor:
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2014

Durante a colheita manual, as uvas são selecionadas já no vinhedo e colocadas em caixas com capacidade de 20 quilos. Na adega, há nova seleção dos bagos e apenas os de melhor qualidade seguem para fermentação em pequenos tanques de aço inoxidável com temperatura controlada. O vinho passa por maceração pós-fermentativa e envelhece por 10 meses em barricas de carvalho francês.

Ideal para acompanhar pratos à base de carnes vermelhas ou carnes brancas com molhos de vinho tinto, como strogonoff e boeuf bourguignon.

Concebida por Guillermo Luksic e, atualmente, nas mãos de seu filho Nicolás, a Viña Tabalí é um projeto pioneiro no privilegiado Vale do Limarí, no norte do Chile. Os vinhedos foram plantados em 1993 já com o conceito de terroir em mente, ou seja, com foco na produção de vinhos de qualidade capazes de transmitir a essência de seu lugar de origem. A proximidade do Deserto do Atacama e do Oceano Pacífico, o céu sempre limpo e os dias quentes e as noites frescas, além de solos graníticos e de calcário, compõem um cenário excepcional para a elaboração de vinhos premium. A Viña Tabalí possui três distintos vinhedos no Vale do Limarí, um deles localizado em altitude de 1.600 metros, nos quais cultiva Pinot Noir, Syrah, Malbec, Cabernet Franc, Sauvignon Blanc, Chardonnay e Viognier. A colheita de 2002 gerou os primeiros exemplares lançados no mercado com excelente repercussão. Em 2013, a empresa se expandiu para o Vale do Maipo ao adquirir um vinhedo de Cabernet Sauvignon. Com isso, novos tintos juntaram-se a seu charmoso portfólio.