Vinho tinto Rocca Delle Macìe Chianti Classico Sant'Alfonso
Itália
Toscana, Itália

Vinho tinto Rocca Delle Macìe Chianti Classico Sant’Alfonso

Bela coloração rubi tendendo ao granada. O nariz é complexo e sedutor, com frutas do bosque maduras, cacau e notas balsâmicas. Ataque rico em boca, com taninos elegantes suportados por ótima acidez.

Harmonizações:
Assados de aves (codornas, perdizes, marreco); Ragù de marreco selvagem; Arista di maiale (lombo de porco com osso, assado com alho e alecrim);, Bistecca alla fiorentina (bisteca bovina maturada, em corte alto, grelhada malpassada).
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$260,00
R$249,00

Em até 3x de R$83,00 s/ juros

Bela coloração rubi tendendo ao granada. O nariz é complexo e sedutor, com frutas do bosque maduras, cacau e notas balsâmicas. Ataque rico em boca, com taninos elegantes suportados por ótima acidez.
Mais informações
País: Itália
Região:
Uva: Sangiovese
Safra: 2016
Vinho tinto Rocca Delle Macìe Chianti Classico Sant'Alfonso

Colheita manual das uvas no ponto ótimo de maturação, com seleção acurada dos cachos. A fermentação se dá em tanques de inox, com temperaturas controladas. Após o processo, o vinho é então trasfegado para grandes toneis de carvalho francês para seu amadurecimento. Permanência mínima em garrafa antes de sair ao mercado.

Assados de aves (codornas, perdizes, marreco); Ragù de marreco selvagem; Arista di maiale (lombo de porco com osso, assado com alho e alecrim);, Bistecca alla fiorentina (bisteca bovina maturada, em corte alto, grelhada malpassada).

A Rocca delle Macìe foi fundada em 1973, quando Italo Zingarelli - produtor de “Todos nos amamos demais”, de Ettore Scola, e também da popular série de filmes de comédia Bud Spencer e Terence Hill (incluindo “They Call Me Trinity”) "E" Trinity ainda é meu nome ") - decidiu realizar seu sonho ao adquirir a propriedade" Le Macìe "- que se estende por 93 hectares (230 acres) ao todo, dos quais apenas dois estavam abaixo da videira - para criar uma adega no coração da zona de Chianti Classico. O amor e a paixão pela terra toscana são transmitidos de Italo a seus filhos Sergio e Fabio e a sua filha Sandra. Em 1985, Sergio, filho mais novo de Italo, tornou-se pessoalmente responsável pela rede de distribuição mundial e em 1989, com sua esposa Daniela ao seu lado, foi nomeado presidente da empresa. Como parte da estratégia comercial de longo prazo de Sergio e de sua determinação em alcançar qualidade, ele consolida e desenvolve, juntamente com a colaboração de sua irmã Sandra, a empresa paterna que se torna popular em todo o mundo, ganhando muitos prêmios e reconhecimentos por seus vinhos. O patrimônio da empresa agora se estende a mais de 500 hectares (1250 acres) com, no total, mais de 200 acres (500 acres) usados ​​como vinhedos e 22 acres (54 acres) como olivais, subdivididos em seis propriedades da empresa: Le Macìe, Sant Alfonso, Fizzano e le Tavolelle na área de Chianti Classico, além das propriedades Campomaccione e Casa Maria na região de Morellino di Scansano (Maremma).