Vinho tinto Rapariga da Quinta Colheita Seleccionada 2016
Portugal
Alentejo, Portugal

Vinho tinto Rapariga da Quinta Colheita Seleccionada

Rapariga da Quinta Colheita Seleccionada é considerado uma “boa compra” entre os vinhos tintos alentejanos. Produzido pelo premiado enólogo português Luís Duarte, a partir de uvas portuguesas e francesas plantadas em vinhedos ao redor de sua casa, o corte envelhece de 6 a 12 meses em barricas de carvalho francês usadas. O resultado é um vinho tinto macio e cheio de fruta. As notas do estágio em madeira, como de tostados e baunilha, estão bem integradas no conjunto. O Rapariga da Quinta Colheita Seleccionada tem corpo médio e boa acidez, sendo uma ótima opção para harmonizar com os pratos do dia a dia, mas também pode ser apreciado sem comida.

Harmonizações:
Boa opção para acompanhar petiscos, Carnes vermelhas e massas com molho intenso., Hambúrguer, Pizzas
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$85,00
R$69,90

Em até 3x de R$23,30 s/ juros

O premiado enólogo português Luís Duarte criou a linha Rapariga da Quinta com a intenção de tornar os bons vinhos alentejanos acessíveis  
Mais informações
País: Portugal
Região:
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2017
Vinho tinto Rapariga da Quinta Colheita Seleccionada 2016

As uvas são vinificadas em cubas de aço inoxidável com controle de temperatura. O corte (que pode ser diferente de safra para safra) tem estágio de 6 a 12 meses em barricas de carvalho francês usadas.

Boa opção para acompanhar petiscos, Carnes vermelhas e massas com molho intenso., Hambúrguer, Pizzas

Pertencente à primeira turma de graduação em enologia da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro – curso criado em 1989 –, Luís Duarte integra uma geração pioneira de enólogos portugueses e que vem fazendo história. Recém-formado, juntou-se, imediatamente, à equipe que concebeu a hoje famosa Herdade do Esporão, no Alentejo. No início dos anos 2000, passou a atuar também como enólogo-consultor nessa região que, na época, despontava no cenário dos vinhos lusos. Projetou ainda a reputada Herdade dos Grous e, desde 2002, é seu gerente-geral, supervisionando todas as atividades da empresa. Aclamado várias vezes como um dos melhores enólogos de Portugal – no concurso Melhores do Ano 2014 da Revista Wine-Essência do Vinho, mereceu o título “Enólogo do Ano”, o qual já havia conquistado duas vezes no prêmio da Revista de Vinhos (em 1997 e 2007), além de ter sido nomeado, em 2010, para o prêmio Melhor Enólogo do Mundo da revista alemã “Der Feinschemecker” –, Luís Duarte também investiu em um projeto próprio. A empresa Luís Duarte Vinhos foi fundada, oficialmente, em 2007, e tem à frente Luís Duarte e sua mulher, Dora Simões, que atuou como Presidente da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, ajudando a promover, com grande sucesso, os vinhos da região no mercado externo. Portanto, quem gosta de vinhos portugueses não pode perder esta dupla de vista. A partir de dez hectares de vinhedos plantados com castas típicas e internacionais, na propriedade Monte do Carrapatelo, em Reguengos de Monsaraz, eles engarrafam tintos, brancos e rosés maravilhosos, em todas as faixas de preço.