Vinho tinto Pesquera Crianza - 2013
Espanha
Espanha

Vinho tinto Pesquera Crianza

Um dos maiores clássicos da Espanha, o Pesquera Crianza é característico do melhor deste país: cheio de fruta e com madeira bastante elegante, textura sedosa e final de boca marcante. Alejandro Fernández é um dos maiores nomes do vinho espanhol.

Harmonizações:
Carnes e cordeiro.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
R$447,36

Em até 3x de R$149,12 s/ juros

Um dos maiores clássicos da Espanha, o Pesquera Crianza é característico do melhor deste país: cheio de fruta e com madeira bastante elegante, textura sedosa e final de boca marcante. Alejandro Fernández é um dos maiores nomes do vinho espanhol.
Mais informações
País: Espanha
Produtor:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2016
Vinho tinto Pesquera Crianza - 2013

Vinificação tradicional com controle de temperatura. Fermentação malolática completa.

Carnes e cordeiro.

Pesquera é um dos grandes nomes do vinho espanhol, um dos pioneiros e mais respeitados de Ribera del Duero, com 5 estrelas de Robert Parker. Segundo diversos críticos internacionais, chega a rivalizar com o lendário Vega Sicilia. Dispensa apresentações, elaborando alguns dos melhores e mais consagrados vinhos tintos da Espanha. As quatro bodegas que compõem o Grupo Pesquera - e o legado de Alejandro Fernández - têm em comum a história de amor pela vinicultura, que só fica maior com o passar do tempo. O vínculo com a terra natal se materializa na marca do grupo: a imagem tradicional “del Arco y de la Torre de Pesquera de Duero”, característico de seus míticos vinhos Tinto Pesquera. Numerosos são os prêmios que garantem às bodegas Pesquera o reconhecimento por mais de 40 anos de experiência em vinho. Definitivamente um sonho realizado para Alejandro Fernández cuja máxima era ter uma adega e fazer grandes vinhos. Suas vinícolas e seus vinhos são reconhecidos e apreciados em todo o mundo. A propriedade foi fundada em 1972, antes de Ribera del Duero ficar famosa, e encontrou sucesso imediato, seguindo os passos de seu vizinho Vega Sicilia, alcançando o reconhecimento de D.O. para Ribera del Duero, em 1982. Os 200 hectares de vinhedos estão espalhados ao longo das margens sul do rio Duero em uma variedade de solos, que são principalmente baseados em terra arenosa, cascalho sobre calcário e argila. Estes vinhedos estão cerca de 600 e 700 metros acima do nível do mar e possuem clima continental, com dias quentes e noites frescas.