Vinho tinto Marqués de Murrieta Reserva 2013
Espanha
La Rioja, Espanha

Vinho tinto Marqués de Murrieta Reserva 2014

Um dos ícones da região de Rioja, o vinho tinto Marqués de Murrieta Reserva destaca-se pela elegância. Em um estilo generoso em aromas, com frutas vermelhas maduras, como cerejas e morangos, notas de baunilha e coco, toques de chocolate e notas florais e terrosas, seduz ao primeiro gole. É encorpado, com taninos maduros e acidez bem dosada. Tem um final persistente com gostinho de frutas vermelhas, especiarias e toques de baunilha e chocolate.

Harmonizações:
Carnes vermelhas grelhadas e assadas com molhos intensos; preparações à base de carnes de cordeiro; jamón curado e queijos maduros.
RP
93
JS
91
5 (100%) 1 vote
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$284,00
R$245,00

Em até 3x de R$81,67 s/ juros

Um dos ícones da região de Rioja, o vinho tinto Marqués de Murrieta Reserva destaca-se pela elegância. Em um estilo generoso em aromas, com frutas vermelhas maduras, como cerejas e morangos, notas de baunilha e coco, toques de chocolate e notas florais e terrosas, seduz ao primeiro gole. É encorpado, com taninos maduros e acidez bem dosada. Tem um final persistente com gostinho de frutas vermelhas, especiarias e toques de baunilha e chocolate.
Mais informações
País: Espanha
Região:
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
RP
93
JS
91
Vinho tinto Marqués de Murrieta Reserva 2013

Os vinhedos localizam-se ao redor da vinícola, na subregião de Rioja Alta. Após a colheita e seleção dos bagos, a fermentação alcoólica das uvas acontece em tanques de aço inoxidável com controle de temperatura. A extração de pigmentos e ingredientes da casca da uva é cuidadosamente monitorada. No final, o vinho estagia em barricas de carvalho americano de 225 litros durante 16 meses.

Carnes vermelhas grelhadas e assadas com molhos intensos; preparações à base de carnes de cordeiro; jamón curado e queijos maduros.

Marqués de Murrieta é uma das bodegas históricas da Espanha, foi fundada em meados do século XIX por Luciano Murrieta, que havia aprendido enologia em Bordeaux. Na propriedade de Rioja, ele aplicou a filosofia de “château” e realizou a primeira produção de vinhos em 1852, destinada à cidade de Havana e também ao mercado mexicano. A partir daí, seus vinhos foram conquistando cada vez mais fama, prêmios e mercados internacionais e, consequentemente, uma legião de fãs. Marqués de Murrieta passou para as mãos de Vicente Cebrián Sagarriga, em 1983, que modernizou a vinícola. Atualmente, ela está sob o comando de seus filhos e figura até hoje como um dos grandes nomes do vinho espanhol.