França
Vale do Rhône, França

Vinho tinto Léon Perdigal Châteauneuf Du Pape Réserve Des Argentiers 2016

Um tinto que faz jus a sua nobre denominação de origem. O corte com grande proporção de Grenache (80%), combinada a Syrah, Mourvèdre e Cinsault, mostra
grande riqueza aromática com elegantes notas de fruta vermelha e preta, pimenta preta, eucalipto e couro. Encorpado, tem profundidade, frescor e taninos macios.

Gostou? Confira mais opções de Vinho Tinto em oferta.

Harmonizações:
Carnes vermelhas e alta gastronomia.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$410,00
R$393,00

Em até 3x de R$131,00 s/ juros

Um tinto que faz jus a sua nobre denominação de origem. O corte com grande proporção de Grenache (80%), combinada a Syrah, Mourvèdre e Cinsault, mostra grande riqueza aromática com elegantes notas de fruta vermelha e preta, pimenta preta, eucalipto e couro. Encorpado, tem profundidade, frescor e taninos macios.
Mais informações
País: França
Produtor:
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2013

Vinificação em tanques de aço inoxidável sob temperatura baixa e controlada

Carnes vermelhas e alta gastronomia.

Léon Perdigal é um personagem lendário da região do Rhône do final do século 19. Nascido em Châteauneuf-du-Pape, filho de um mestre em tanoaria, ele dominava a arte de utilizar a madeira para envelhecer os vinhos, criando tintos e brancos cheios de finesse. A linha de vinhos que leva seu nome é reconhecida pelo charme e tipicidade. Todos os vinhos são produzidos em uma adega centenária, localizada no coração de Châteauneuf-du-Pape. Ela abriga um impressionante acervo de barricas de grande volume chamadas “foudres” — um dos segredos da finesse por trás dos tintos de alta gama da Léon Perdigal.