Vinho tinto Fèlsina Fontalloro 2012
Itália
Toscana, Itália

Vinho tinto Fèlsina Fontalloro 2012

Uma verdadeira obra prima, possível apenas pelo perfeccionismo da Fattoria di Fèlsina, o monumental Fontarollo é um dos mais aclamados super toscanos elaborados com a casta Sangiovese. “Um vinho gastronômico por excelência” para Jancis Robinson, com uma “soberba pureza de fruta e um equilíbrio maravilhoso” nas palavras de Robert Parker, ele mereceu nada menos que 92 pontos da Wine Spectator na safra de 2012, sendo apontado como “um Sangiovese de arrasar quarteirão”. Um dos grandes vinhos da Itália, é um verdadeiro embaixador da casta Sangiovese.

Harmonizações:
Carnes vermelhas, cordeiro.
WE
94
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$705,00
R$688,00

Em até 3x de R$229,33 s/ juros

Uma verdadeira obra prima, possível apenas pelo perfeccionismo da Fattoria di Fèlsina, o monumental Fontarollo é um dos mais aclamados super toscanos elaborados com a casta Sangiovese. "Um vinho gastronômico por excelência" para Jancis Robinson, com uma "soberba pureza de fruta e um equilíbrio maravilhoso" nas palavras de Robert Parker, ele mereceu nada menos que 92 pontos da Wine Spectator na safra de 2012, sendo apontado como "um Sangiovese de arrasar quarteirão". Um dos grandes vinhos da Itália, é um verdadeiro embaixador da casta Sangiovese.
Mais informações
País: Itália
Região:
Uva: Sangiovese
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
WE
94
Vinho tinto Fèlsina Fontalloro 2012

Tradicional, em tanques de aço com controle de temperatura.

Carnes vermelhas, cordeiro.

Um “exemplo de classe e elegância”, segundo o Gambero Rosso — com nada menos que 24 “tre bicchieri” do famoso guia — a Fattoria di Fèlsina é um dos ícones do vinho italiano e uma das maiores referências em Chianti Classico. Domenico Poggiali comprou a propriedade de Fèlsina em 1966 e, num ato corajoso para a época, quando a viticultura italiana passava por um momento difícil, decidiu investir na qualidade dos vinhos e no talento de alguns jovens enólogos. Apaixonados pelo universo dos vinhos e grandes empreendedores, Domenico e seu filho Giuseppe Poggiali modernizaram as diretrizes da propriedade sem deixar de lado as tradições. Em alguns anos, os hectares cultivados se multiplicaram e transformaram toda a organização e a alma dos negócios da Fattoria. Em meados dos anos de 1970, Giuseppe Mazzocolin, genro de Domenico, se uniu ao time da vinícola com a missão de desenvolve-la comercialmente. Sua base e cultura humanista e consciência da responsabilidade e papel das pessoas nos afazeres da empresa contribuíram para o crescimento e propagação da cultura italiana do vinho pelo mundo, obtendo grande reconhecimento internacional. A amizade com Luigi Veronelli e a colaboração com o enólogo Franco Bernabei traçaram os caminhos que norteariam a empresa rumo ao futuro. Com grande coerência em seus exemplares, a Fattoria chegou ao ano de 1983 lançando os rótulos Fontalloro e Rancia, que seguem até hoje entre seus melhores vinhos.