Vinho tinto El Principal Memorias
Chile
Maipo, Chile

Vinho tinto El Principal Memorias

 Grande concentração na cor purpúrea. Exibe um nariz potente de frutas pretas (cassis, mirtilo), menta, tabaco e ervas. Na boca o conjunto impressiona pela maciez, taninos finos, fresco e persistente.
Harmonizações:
Caçarola de javali (com cogumelos, ervas e especiarias) em longa cocção., Costela bovina temperada com flor de sal de guérande, assada na brasa. Tournedos Rossini., Marreco assado com ameixas. Seleção de queijos curados.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$389,00
R$353,00

Em até 3x de R$117,67 s/ juros

 Grande concentração na cor purpúrea. Exibe um nariz potente de frutas pretas (cassis, mirtilo), menta, tabaco e ervas. Na boca o conjunto impressiona pela maciez, taninos finos, fresco e persistente.
Mais informações
País: Chile
Região:
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2014
Vinho tinto El Principal Memorias

Vindima manual. Desengaço. Maceração a 8°C por 4 dias. Fermentação alcoólica 8 dias. Maceração pós-fermentativa 13 dias. Amadurecimento.

Caçarola de javali (com cogumelos, ervas e especiarias) em longa cocção., Costela bovina temperada com flor de sal de guérande, assada na brasa. Tournedos Rossini., Marreco assado com ameixas. Seleção de queijos curados.

Viña El Principal é fruto de uma parceria chileno-francesa, entre Jorge Fontaine, proprietário da fazenda El Principal, na região do Vale do Maipo, e o francês Jean Paul Valette, antigo proprietário do famoso Gran Cru Classé Château Pavie, em Saint-Émilion (Bordeaux/França). Jean Paul almejava elaborar um dos melhores vinhos tintos do Novo Mundo com toda a sua expertise de Velho Mundo. Depois de uma profunda pesquisa, encontrou aos pés dos Andes, no Alto Maipo (D.O. Maipo-Andes), o território perfeito para o seu propósito, com uma combinação de clima, solo e altitude ideal para gerar vinhos com identidade única e extraordinária qualidade. Viña El Principal foi fundada em 1992, com 54 hectares de vinhedos de Cabernet Sauvignon e Carménère. Seu vinho ícone, o El Principal, produzido na colheita 1999, chegou ao mercado em 2002, despontando tanto nacional como internacionalmente entre as grandes estrelas da América do Sul. Em 2005, a vinícola foi adquirida pelo alemão Jochen Dohle e, desde 2013, é uma sociedade entre ele e família chilena Said-Handal. O foco em vinhos de alta gama permanece como linha mestra do negócio. Para isso, as uvas utilizadas na vinificação dos vinhos são todas cultivadas em vinhas próprias, com colheita manual e sob supervisão direta da equipe da El Principal. A vinificação é assessorada pelo enólogo francês Patrick Léon, consultor da Viña El Principal desde 2006, que mantém a filosofia de Bordeaux e a maturação dos vinhos em barricas de carvalho francês.