Argentina
Mendoza, Argentina

Vinho tinto Cobos Malbec

É um Malbec argentino extremamente elegante. Cheio de camadas de aromas, que remetem a notas frutadas, florais (violeta e jasmim), de especiarias, café e cacau.
Na boca, seu ataque tem toque doce e a textura é deliciosamente aveludada. Trata-se de um tinto estruturado e volumoso, com taninos muito redondos e um longo final.

Harmonizações:
Cordeiro assado com batatas rústicas, risoto de funghi com medalhão de mignon.
JS
98
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$1.890,00
R$1.679,00

Em até 3x de R$559,67 s/ juros

É um Malbec argentino extremamente elegante. Cheio de camadas de aromas, que remetem a notas frutadas, florais (violeta e jasmim), de especiarias, café e cacau. Na boca, seu ataque tem toque doce e a textura é deliciosamente aveludada. Trata-se de um tinto estruturado e volumoso, com taninos muito redondos e um longo final.
Mais informações
País: Argentina
Região:
Produtor:
Uva: Malbec
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2015
JS
98

As uvas Malbec que compõem este tinto são provenientes de um vinhedo com mais de 80 anos de idade, localizado em Pedriel, Luján de Cuyo. As videiras Cabernet Sauvignon têm cerca de 15 anos. A fermentação alcoólica das uvas acontece em tanques de aço inoxidável com controle de temperatura. Já a fermentação malolática é realizada em barrica e o vinho matura em barricas novas de carvalho francês durante 18 meses. Não é clarificado nem filtrado.

Cordeiro assado com batatas rústicas, risoto de funghi com medalhão de mignon.

Viña Cobos é um arrojado e primoroso projeto vitivinícola que ajudou a impulsionar os vinhos argentinos na elite dos tintos e brancos do mundo. À frente está o internacionalmente famoso enólogo norte-americano Paul Hobbs, que desde 1988 se dedica a estudar e testar a peculiaridade dos terroirs de Mendoza – foi nesse ano que ele esteve pela primeira vez na região e se apaixonou perdidamente pela uva Malbec. Ao lado dos enólogos argentinos Andrea Marchiori e Luis Barraud, Paul Hobbs selecionou vinhas em Luján de Cuyo e Vale de Uco para dar origem aos autênticos e incomparáveis vinhos da Viña Cobos. Os vinhedos são submetidos a um cultivo sustentável, que prioriza a produção de uvas saudáveis e a maturação plena, e a vinificação é muito meticulosa, com mínima intervenção. O objetivo é resultar em vinhos elegantes e com o inconfundível caráter de seu território. O primeiro vinho tinto a ser lançado no mercado foi o Cobos Malbec 1999. Desde então, a vinícola vem trilhando uma trajetória bem-sucedida e recheada de reconhecimentos da crítica especializada. Robert Parker, por exemplo, é fã declarado dos exemplares desta casa. Atualmente, o portfólio da Viña Cobos contempla 19 vinhos tintos e brancos distribuídos em quatro linhas: a Cobos é a gama de entrada, com três vinhos de parcelas distintas; a Bramare Vineyard Designate consiste em exemplares de vinhedo único e edição limitada; Bramare Appellation apresenta vinhos com a expressão de Luján de Cuyo e Vale do Uco; Cocodrilo é um corte bordalês à base de Cabernet Sauvignon ,e a Felino oferece vinhos que são a expressão pura de sua variedade de uva.