Vinho tinto Casa Ferreirinha Papa Figos 2016
Portugal
Douro, Portugal

Vinho tinto Casa Ferreirinha Papa Figos

O vinho tinto Papa Figos é produzido pela tradicional Casa Ferreirinha, na centenária região do Douro. É um vinho português muito bom, de incrível relação qualidade-preço. Papa Figos é uma mescla de uvas típicas: Tinta Roriz, Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Barroca, com envelhecimento parcial em barricas de carvalho francês. Tem corpo médio, boa acidez e estrutura e aromas intensos – de flores, frutos vermelhos e damasco, além de mentolados e balsâmicos. Na boca, sua textura é macia, com final persistente e cheio de fruta.

Harmonizações:
Ideal para acompanhar pratos de carne, mas também fica ótimo com carnes brancas ou peixe assado no forno.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$163,00
R$129,90

Em até 3x de R$43,30 s/ juros

O nome Papa Figos é uma referência a uma ave migratória do Douro. Este vinho tinto desponta, assim, como uma homenagem da Casa Ferreirinha à bela região duriense, no norte de Portugal, na qual é originado

Mais informações
País: Portugal
Região:
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2017
Vinho tinto Casa Ferreirinha Papa Figos 2016

As uvas que compõem o Papa Figos são provenientes da subregião do Douro Superior, sendo selecionadas na Quinta da Leda, da Casa Ferreirinha, e de viticultores parceiros com vinhas de exposição preferencialmente a norte e em zonas de maior altitude. Após desengace e esmagamento, o mosto vai para cubas de inox, onde se processa a maceração das películas e a fermentação alcoólica sob temperatura controlada. Em seguida, cerca de 25% do vinho estagia, durante cerca de oito meses, em barricas usadas de carvalho francês, permanecendo o restante em cubas de aço inoxidável até a realização do corte final. O engarrafamento acontece 12 meses após a colheita.

Ideal para acompanhar pratos de carne, mas também fica ótimo com carnes brancas ou peixe assado no forno.

Histórica vinícola duriense, a Casa Ferreirinha leva o apelido de sua mais notável proprietária, Dona Antónia Adelaide Ferreira - figura emblemática de Portugal do século XIX. Dona Antónia, carinhosamente chamada de Ferreirinha, herdou propriedades no Vale do Douro e com muito talento, visão e dedicação construiu um império vitivinícola numa época em que as condições no Douro eram desafiadoras e desbravar a região era uma verdadeira aventura. Sua determinação acabou dando origem a alguns dos mais premiados vinhos portugueses. Desde 1987, a Casa Ferreirinha pertence à Sogrape, um dos maiores grupos de vinhos de Portugal e que também é reconhecido mundialmente pela qualidade de seus exemplares, desde as gamas de entrada até os rótulos mais premiados. À frente da enologia está o famoso enólogo Luís Sottomayor – é ele o guardião de vinhos topo de gama, como Vinha Grande, Reserva Especial, Quinta da Leda, Callabriga, além do mítico Barca Velha. A Casa Ferreirinha também concebe um dos vinhos portugueses mais populares do mercado: o Esteva, que é uma excelente pedida para o dia a dia.