Vinho tinto Beronia Reserva Rioja - 2013
Espanha
La Rioja, Espanha

Vinho tinto Beronia Reserva Rioja – 2013

O vinho tinto Beronia Reserva é elaborado a partir das melhores uvas de vinhas velhas na zona de Rioja Alta. Trata-se de um vinho tinto que combina o estilo clássico da região com um frutado limpo, característico dos grandes tintos internacionais. O nariz é exuberante em aromas de ameixa e cereja, além de notas doces, como chocolate e de especiarias. Na boca é denso, com acidez equilibrada, textura de taninos finos e longa persistência

Harmonizações:
Carne de cordeiro, carnes vermelhas grelhadas e de caça.
RP
86
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$210,00
R$207,00

Em até 3x de R$69,00 s/ juros

O vinho tinto Beronia Reserva é elaborado a partir das melhores uvas de vinhas velhas na zona de Rioja Alta. Trata-se de um vinho tinto que combina o estilo clássico da região com um frutado limpo, característico dos grandes tintos internacionais. O nariz é exuberante em aromas de ameixa e cereja, além de notas doces, como chocolate e de especiarias. Na boca é denso, com acidez equilibrada, textura de taninos finos e longa persistência
Mais informações
País: Espanha
Região:
Produtor:
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
RP
86
Vinho tinto Beronia Reserva Rioja - 2013

As uvas são submetidas a uma fermentação alcoólica lenta, com extração controlada de aromas, em tanques de aço inoxidável sob temperatura controlada. Depois da fermentação malolática, o vinho segue para barricas de carvalho (francês e americano), nas quais amadurece durante 20 meses. Após o estágio em madeira, é engarrafado e amadurece por mais 18 meses nas caves da Beronia.

Carne de cordeiro, carnes vermelhas grelhadas e de caça.

Embora figure como um dos nomes fortes no panorama do vinho espanhol, a Beronia não é tão antiga assim. Foi inaugurada em 1973 por um grupo de amigos, membros de uma sociedade gastronômica e amantes de vinho. Eles escolheram a subregião de Rioja Alta para construir este impecável projeto vitivinícola que se tornaria uma grande referência entre os vinhos da Europa. Na década de 1980, o grupo González Byass, empresa histórica da região de Jerez e produtora do famoso Tio Pepe, tomou a decisão estratégica de investir na produção de vinhos não fortificados. Assim, em 1982, após prospecções e avaliações por toda a Espanha, adquiriu as Bodegas Beronia. Os vinhos elaborados pela Beronia preservam o caráter clássico, mas oferecem um acento moderno. Eles são produzidos a partir de 900 hectares de vinhedos de viticultores parceiros, mas supervisionados de perto pela Beronia. Os vinhedos têm idade média de 30 anos, sendo 50 hectares preenchidos com videiras com mais de 60 anos e há também videiras centenárias em pé franco. Esta matéria-prima de qualidade superior e a vinificação cuidadosa garantem o alto nível dos vinhos. Desde 2016, a Beronia possui 65 hectares de vinhedos e uma bodega arrojada e sustentável na região de Rueda, na qual produz um premiado vinho branco da uva Verdejo. Vale ainda mencionar que Beronia é um nome em homenagem aos Berones, povo de origem celta que ocupou a região de Rioja no século III a.C.