Vinho tinto Barone Ricasoli “Chianti del Barone” Chianti DOCG - 2016
Itália
Toscana, Itália

Vinho tinto Barone Ricasoli “Chianti del Barone” Chianti DOCG – 2016

Este é o Chianti da Barone Ricasoli produzido para o consumo cotidiano. Carinhosamente chamado de “Chianti del Barone”, é um Chianti super frutado, fresco, macio e talhado para a mesa.

Harmonizações:
Bastante versátil para a mesa do dia-a-dia. Combina com diversos pratos à base de carnes escuras, como gado, javali, coelho e aves de caça (grelhadas, assadas ou cozidas), bem como com massas banhadas em molhos escuros e pizzas.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$155,00
R$148,00

Em até 3x de R$49,33 s/ juros

Este é o Chianti da Barone Ricasoli produzido para o consumo cotidiano. Carinhosamente chamado de “Chianti del Barone”, é um Chianti super frutado, fresco, macio e talhado para a mesa.
Mais informações
País: Itália
Região:
Produtor:
Uva: Sangiovese
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Vinho tinto Barone Ricasoli “Chianti del Barone” Chianti DOCG - 2016

Amadurece 90% em tanques de aço inoxidável e 10% em grandes tonéis e barricas.

Bastante versátil para a mesa do dia-a-dia. Combina com diversos pratos à base de carnes escuras, como gado, javali, coelho e aves de caça (grelhadas, assadas ou cozidas), bem como com massas banhadas em molhos escuros e pizzas.

A vinícola Barone Ricasoli pode ser definida em poucas e reveladoras palavras: a verdadeira essência do Chianti Classico! De fato, a família Ricasoli está intimamente ligada à história do vinho italiano. Credita-se ao Barão Bettino Ricasoli a criação do vinho Chianti, quando no ano de 1872, após trinta anos de pesquisas e experimentações, escreveu a “fórmula do Chianti” na famosa carta endereçada ao professor Cesare Studiati da Universidade de Pisa, na qual exaltava os aromas e a estrutura da Sangiovese, a maciez da Canaiolo e a tendência da Malvasia a diluir o vinho, o que fez o Barão sugerir que esta uva não fizesse parte do corte dos vinhos de guarda da sua região. Além de criar o Chianti, a família Ricasoli produz vinhos desde o ano 1141, quando adquiriu o lendário Castello di Brolio. Essa longa história faz da Barone Ricasoli a quarta empresa em atividade mais antiga do mundo e a vinícola mais antiga da Itália! Atualmente comandada pelo Barão Francesco Ricasoli, bisneto do Barão Bettino, a vinícola e seus vinhos vivem um momento brilhante de sua história. Em 2009 a família Ricasoli comemorou um grande feito: seu Chianti Classico Castello di Brolio 2006 recebeu 96 pontos da Winespectator e se classificou em 5º lugar no ranking dos Top 100 da revista.