Vinho tinto Alamos Cabernet Sauvignon 2016
Argentina
Mendoza, Argentina

Vinho tinto Alamos Cabernet Sauvignon

O Alamos Cabernet Sauvignon é um dos melhores da série, e chegou a receber 90 pontos de James Suckling na safra 2016, para quem “é um vinho com um estilo de Velho Mundo, com maravilhoso toque terroso e um classicismo no final de boca que lembra um Bordeaux. Um vinho excelente”.

Harmonizações:
Carnes vermelhas, churrasco, pizzas, massas e hambúrguer.
JS
91
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$79,90
R$76,90

Em até 3x de R$25,63 s/ juros

O Alamos Cabernet Sauvignon é um dos melhores da série, e chegou a receber 90 pontos de James Suckling na safra 2016, para quem "é um vinho com um estilo de Velho Mundo, com maravilhoso toque terroso e um classicismo no final de boca que lembra um Bordeaux. Um vinho excelente".
Mais informações
País: Argentina
Região:
Produtor:
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2017
JS
91
Vinho tinto Alamos Cabernet Sauvignon 2016

As uvas Cabernet Sauvignon que compõem o Alamos Cabernet são colhidas manualmente em diferentes zonas de Mendoza. Sua vinificação é tradicional, em tanque de aço inoxidável com controle de temperatura. A fermentação malolática é completa e o vinho permanece 9 meses em barricas de carvalho.

Carnes vermelhas, churrasco, pizzas, massas e hambúrguer.

Localizada em Vistaflores (Mendoza), a vinícola Alamos pertence à família Catena Zapata, que figura como o melhor e mais reverenciado produtor da Argentina, na opinião da imprensa especializada, da qual recebe sempre as melhores notas e prêmios. Para a Wine Spectator, trata-se do líder inquestionável de qualidade na Argentina e, para Robert Parker, Catena representa o máximo em vinhos da América do Sul. Alamos foi fundada em 1993 com o objetivo de produzir vinhos argentinos saborosos e aromáticos a partir de castas típicas e internacionais, ao alcance da maioria das pessoas graças ao preço convidativo que oferecem. Quanto ao nome, Alamos é uma homenagem às árvores que protegem os vinhedos dos ventos do Pacífico.