Vinho rosé Luigi Bosca La Linda Malbec
Argentina
Mendoza, Argentina

Vinho rosé Luigi Bosca La Linda Malbec

O La Linda Malbec é um vinho rosé exuberante em aromas de frutas vermelhas (morangos e ameixas) combinados a notas florais. Na boca é um rosé puro, fresco, delicado e suculento. Tem corpo médio e um final saboroso. O La Linda Mabec é obra da bodega Luigi Bosca, uma das mais tradicionais da Argentina.  

Harmonizações:
Muito versátil à mesa, combina com saladas à niçoise (com anchovas, ovos cozidos e azeitonas), antipasto italiano, sopas mediterrâneas de peixe e crustáceos, moqueca baiana, aves e outras carnes brancas. Também é ótimo como aperitivo.
5 (100%) 2 votes
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$77,90
R$71,90

Em até 3x de R$23,97 s/ juros

Sabe aquele vinho rosé despretensioso, mas muito saboroso, e que não pesa no bolso? É assim o La Linda Malbec, da vinícola argentina Luigi Bosca. Leve já duas garrafas porque você, com certeza, vai querer mais!
Mais informações
País: Argentina
Região:
Uva: Malbec
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2018
Vinho rosé Luigi Bosca La Linda Malbec

Colheita manual, seleção de cachos, desengace e posterior seleção de uvas. O mosto tem uma maceração com as suas cascas durante 48 horas, é pressionado e colocado em outra cuba. Em seguida, fermenta em cubas de aço inoxidável a uma temperatura controlada de 18 ° C com leveduras selecionadas. A fermentação alcoólica termina e permanece em tanques; Então é filtrado suavemente e engarrafado.

Muito versátil à mesa, combina com saladas à niçoise (com anchovas, ovos cozidos e azeitonas), antipasto italiano, sopas mediterrâneas de peixe e crustáceos, moqueca baiana, aves e outras carnes brancas. Também é ótimo como aperitivo.

Luigi Bosca é um dos grandes nomes do vinho argentino. A vinícola pertence aos Arizu, que têm uma tradição secular na elaboração de tintos e brancos em Mendoza. Atualmente, é gerida pela quarta geração da família. A vinícola fica em Luján de Cuyo, mas possui sete propriedades em zonas privilegiadas de Mendoza (Luján de Cuyo, Maipú e Vale do Uco), totalizando quase 700 hectares de vinhedos próprios. As diferentes variedades de uvas foram trazidas da Europa no final do século XIX, mas as vinhas de hoje são o resultado de uma seleção das melhores vinhas velhas da família.