Rosé Berne Esprit Méditerranée
França
Méditerranée, França

Vinho Rosé Berne Esprit Méditerranée

O Vinho Rosé Berne Esprit Méditerranée IGP é um Vinho Rosé ideal para os para os dias quentes da primavera e do verão! Produzido pelo Château de Berne, com um corte das uvas Grenache, Cinsault, Merlot, Carignan e Cabernet Sauvignon, oriundas de vinhedos na Indicação Geográfica Protegida (IGP) do Méditerranée, na França. De uma belíssima coloração rosada, no nariz revela aromas de frutas vermelhas, como morango e framboesa, notas de pêssego e damasco. Em boca é equilibrado, com ótimo frescor e um final leve.
Harmonizações:
Ótimo como aperitivo. Experimente também com saladas, carnes grelhadas e pratos da culinária mediterrânea.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
R$132,00

Em até 3x de R$44,00 s/ juros

O Vinho Rosé Berne Esprit Méditerranée IGP é um Vinho Rosé ideal para os para os dias quentes da primavera e do verão! Produzido pelo Château de Berne, com um corte das uvas Grenache, Cinsault, Merlot, Carignan e Cabernet Sauvignon, oriundas de vinhedos na Indicação Geográfica Protegida (IGP) do Méditerranée, na França.  De uma belíssima coloração rosada, no nariz revela aromas de frutas vermelhas, como morango e framboesa, notas de pêssego e damasco. Em boca é equilibrado, com ótimo frescor e um final leve.
Mais informações
País: França
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2018
Rosé Berne Esprit Méditerranée

Produzido com um blend das cepas Grenache, Cinsault, Merlot, Carignan e Cabernet Sauvignon oriundas da região vitivinícola do Méditerranée, na França. As uvas passam pelos processos de prensagem direta e fermentação em cubas, sob temperatura controlada de 16°C a 18°C.

Ótimo como aperitivo. Experimente também com saladas, carnes grelhadas e pratos da culinária mediterrânea.

O Château de Berne está localizado na região de Var, entre os campos de Lorgues e Flayosc. Desde o século XVIII, esta zona da Provence é famosa como um lugar perfeito para relaxar e meditar. Mas a história do Château de Berne é bem mais antiga, começando no século XI, quando o Conde de Toulouse, Raymond V, doou a propriedade para São Bernardo, fundador da Ordem dos Cistercienses e foram os monges que iniciaram a vitivinicultura na propriedade. A família Estellon também marcou a trajetória do Château de Berne, em meados do século XVIII, ao assumir o controle da vinícola e empreender uma grande modernização, que incluiu a plantação de novas parcelas de vinhas. Atualmente, o Château de Berne pertence a Bill Muddyman, um inglês que ajudou vinícola a entrar no século XXI ao adquirir mais trinta e dois hectares de vinhedos e investir em modernas tecnologia de cultivo e vinificação. Hoje, a propriedade possui cento e vinte e um hectares de vinhedos e produz, além de vinhos rosés, também brancos, tintos e espumantes. É possível visitar esta linda vinícola da Provence, que conta com um hotel, spa e um restaurante. Mas o grande chamariz continua sendo os ótimos vinhos.