Argentina
Mendoza, Argentina

Vinho de sobremesa Norton Cosecha Tardia

Este Cosecha Tardia da vinícola Norton, ilustre produtor de Mendoza, na Argentina, é um vinho doce da uva Chardonnay muito agradável. No nariz, destacam-se as notas de mel, damasco e de frutas cítricas e brancas maduras. Na boca, a boa acidez equilibra a doçura das notas frutadas. O vinho de sobremesa Norton Cosecha Tardia desponta como uma ótima opção para bebericar com salada de frutas, mas experimente também com queijos azuis. Fica incrível!

Harmonizações:
Excelente com tortas doces de frutas, petit four e mesmo sozinho.
4.7 (93.33%) 3 votes
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$57,00
R$49,00

Em até 3x de R$16,33 s/ juros

Os vinhos cosecha tardia (colheita tardia) são elaborados com uvas muito maduras - algumas já em estado de passa. Elas contêm um teor de açúcar elevado e, por isso, o vinho resultante da fermentação alcoólica é doce
Mais informações
País: Argentina
Região:
Produtor:
Uva: Chardonnay
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2018

O mosto é fermentado em tanques de aço inoxidável com leveduras selecionadas e sob temperatura controlada. Em seguida, ocorre maceração para conseguir maior extração de elementos que dão corpo, aromas e sabor ao vinho. Não passa em barrica.

Excelente com tortas doces de frutas, petit four e mesmo sozinho.

A Norton foi fundada em 1895 pelo inglês Edmund James Palmer Norton. Este engenheiro, responsável pela construção de rodovias na Argentina, apaixonou-se por Mendoza e ergueu uma das primeiras vinícolas em Luján de Cuyo. Em 1989, a empresa foi adquirida por Gernot Langes-Swarovski e recebeu uma injeção de investimento que a tornou uma das gigantes do país. Atualmente, a Norton possui cinco fincas distribuídas em cinco importantes terroirs: Perdriel, La Colonia, Agrelo, Lunlunta e Medrano. Os vinhos são talhados pelo talentoso enólogo Jorge Riccitelli, nomeado “Enólogo do Ano”, em 2012, pela revista norte-americana Wine Enthusiast.