Vinho branco Menade Verdejo - 2016
Espanha
Rueda, Espanha

Vinho branco Menade Verdejo – 2016

O Menade Verdejo está de “roupa nova”. A imagem do rótulo, pra lá de charmosa, transmite a essência deste maravilhoso branco de Rueda: sua pureza absoluta. As uvas Verdejo, cultivadas segundo as práticas orgânicas, seguem diferentes técnicas de colheita: manual e mecanizada, realizadas durante o dia e à noite. Com aromas delicados, combinando frutas brancas e notas herbáceas, ainda possui um fundo mineral. Equilibrado, redondo, fresco e saboroso, tem um final sedutor.

Harmonizações:
Saladas, risoto de queijo, cremes frios, queijos leves, macarronada, galeto assado.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$126,00
R$117,00

Em até 3x de R$39,00 s/ juros

O Menade Verdejo está de “roupa nova”. A imagem do rótulo, pra lá de charmosa, transmite a essência deste maravilhoso branco de Rueda: sua pureza absoluta. As uvas Verdejo, cultivadas segundo as práticas orgânicas, seguem diferentes técnicas de colheita: manual e mecanizada, realizadas durante o dia e à noite. Com aromas delicados, combinando frutas brancas e notas herbáceas, ainda possui um fundo mineral. Equilibrado, redondo, fresco e saboroso, tem um final sedutor.
Mais informações
País: Espanha
Região:
Produtor:
Uva: Verdejo
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Vinho branco Menade Verdejo - 2016

A vinificação é cuidadosa: ocorre em cubas de inox de diferentes tamanhos, conforme cada parcela de vinhedo. A fermentação acontece por meio de leveduras indígenas, da própria uva, e o vinho passa um período em contato com as borras para ganhar complexidade.

Saladas, risoto de queijo, cremes frios, queijos leves, macarronada, galeto assado.

Os irmãos Sanz – Marco, viticultor; Ricardo, enólogo, e Alejandra, responsável pela exportação e comunicação – nasceram entre barricas, como costumam contar. Membros da sexta geração de uma tradicional família de bodegueros de Rueda, os três se uniram em 2005 para inaugurar o projeto Menade (ex-Sitios de Bodega) com a missão de resgatar as origens da viticultura da região e, com isso, seu prestígio. Durante duas décadas eles vasculharam Rueda em busca de vinhas pré-filoxera (plantadas antes da praga que destruiu grande parte dos vinhedos europeus na segunda metade do século XIX), em pé franco, ou seja, enraizadas diretamente no solo sem o uso de porta-enxerto. Atualmente, Menade possui 30 hectares de vinhas assim, que são o grande tesouro de um patrimônio que soma 260 hectares — 160 deles em produção e outros 100 hectares em preparação, todos situados a mais de 700 metros de altitude. A variedade Verdejo reina em 120 hectares. É a grande protagonista de Rueda, compondo brancos delicados, aromáticos e frescos, que se tornaram a sensação do verão espanhol. As uvas brancas Sauvignon Blanc e Viura preenchem outros 30 hectares de vinhedos em Rueda. Já na vizinha denominação de Toro, os Sanz foram buscar a uva Tinta de Toro (Tempranillo) para elaborar também tintos. Ela vem de uma vinha velha, entre 80 e 120 anos de idade, em pé franco e sem irrigação.