Vinho branco Andeluna 1300 Chardonnay 2016
Argentina
Mendoza, Argentina

Vinho branco Andeluna 1300 Chardonnay

Andeluna 1300 Chardonnay é um vinho branco jovem e cheio de fruta e frescor. No nariz, os aromas remetem a banana, abacaxi e delicadas notas cítricas. Já a ótima acidez e mineralidade marcam o paladar. Trata-se de um vinho branco muito agradável, sendo uma boa pedida para o dia a dia.

Harmonizações:
Frutos do mar ao natural ou com molhos cremosos, peixes, carnes brancas e queijos macios.
JS
100
5 (100%) 1 vote
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$79,90
R$74,90

Em até 3x de R$24,97 s/ juros

Andeluna 1300 Chardonnay é um vinho branco jovem e cheio de fruta e frescor. No nariz, os aromas remetem a banana, abacaxi e delicadas notas cítricas. Já a ótima acidez e mineralidade marcam o paladar. Trata-se de um vinho branco muito agradável, sendo uma boa pedida para o dia a dia.
Mais informações
País: Argentina
Região:
Uva: Chardonnay
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Safra: 2018
JS
100
Vinho branco Andeluna 1300 Chardonnay 2016

A colheita é manual e as uvas passam por uma triagem dos melhores bagos antes da fermentação em tanques de aço inoxidável com controle de temperatura. São usadas leveduras selecionadas para controlar melhor o processo. No final, cerca de 30% do vinho matura durante cinco meses em barricas de carvalho.

Frutos do mar ao natural ou com molhos cremosos, peixes, carnes brancas e queijos macios.

A vinícola Andeluna está localizada em uma propriedade de 80 hectares, em uma altitude de 1.300 metros, em Gualtallary, no famoso Vale de Uco. Foi fundada em 2003 por um conhecido empresário norte-americano, Ward Lay, filho do criador das famosas batatas Lay’s. No início, contou com a consultoria de um dos mais famosos enólogos do mundo, o francês Michel Rolland. Atualmente, a enologia é comandada pelo experiente Manuel González, de Mendoza, que conta com a consultoria do sul-africano Hans Vinding-Diers, desde 2015. Após a morte de Ward Lay, em 2011, a vinícola passou para as mãos do empresário argentino José María Barale, que tem tornado os tintos e brancos desta casa muito saborosos e modernos.