Vinho branco Alois Lageder Riff Pinot Grigio 2017
Itália
Alto Adige, Itália

Vinho branco Alois Lageder Riff Pinot Grigio 2017

O Riff Pinot Grigio ostenta a assinatura de um dos mais talentosos produtores do norte da Itália – Alois Lageder –, sendo um vinho branco cativante, com aromas de fruta fresca, lembrando maçã e pêssego. Na boca, Riff Pinot Grigio tem corpo leve e uma acidez singular, que confere vida e caráter ao vinho, tornando-o um ótimo parceiro à mesa

Harmonizações:
Como aperitivo e para acompanhar saladas; entradas e petiscos; patês e terrines; peixes e frutos do mar; risotos; aves; carnes brancas e pratos com cogumelos.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$123,90
R$119,90

Em até 3x de R$39,97 s/ juros

O Riff Pinot Grigio ostenta a assinatura de um dos mais talentosos produtores do norte da Itália – Alois Lageder –, sendo um vinho branco cativante, com aromas de fruta fresca, lembrando maçã e pêssego. Na boca, Riff Pinot Grigio tem corpo leve e uma acidez singular, que confere vida e caráter ao vinho, tornando-o um ótimo parceiro à mesa
Mais informações
País: Itália
Região:
Produtor:
Tipo:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Vinho branco Alois Lageder Riff Pinot Grigio 2017

A variedade Pinot Grigio é bastante comum no norte da Itália. Ela se dá muito bem em clima com influência mediterrânica e em solo calcário, rico em areia e cascalho. As uvas que compõem o Riff Pinot Grigio são colhidas em diferentes vinhedos na subregião de Tre Venezie (Vêneto e Trentino-Alto Adige). Elas realizam a fermentação alcoólica em cubas de aço inoxidável e, em seguida, o vinho permanece em contato com as borras das leveduras por quatro meses, o que lhe confere uma deliciosa textura e excelente profundidade.

Como aperitivo e para acompanhar saladas; entradas e petiscos; patês e terrines; peixes e frutos do mar; risotos; aves; carnes brancas e pratos com cogumelos.

Alois Lageder é um dos mais tradicionais e respeitados nomes da região italiana de Alto Adige, no norte do país. A família Lageder elabora vinhos desde 1823 e, atualmente, a quarta geração comanda a vinícola e seus 50 hectares de vinhedos, que são cultivados de acordo com a viticultura biodinâmica. Alois Lageder também compra uvas de outros viticultores do norte da Itália com os quais mantém uma longa parceria. Seu propósito é produzir vinhos puros, que expressam a diversidade e o forte caráter de Alto Adige, talhando, assim, vinhos brancos e vinhos tintos considerados grandes referências da enologia italiana até hoje.