Espumante Salton Ouro Brut
Brasil
Serra Gaúcha, Brasil

Espumante Salton Reserva Ouro

O Espumante Salton Reserva Ouro é um ótimo Espumante Nacional. Produzido pela Vinícola Salton, com um corte das uvas Chardonnay, Pinot Noir e Riesling. Visualmente, apresenta coloração amarelo palha. No nariz, revela aromas de frutas brancas e frutas cítricas, além de notas de pão. Em boca é fresco e persistente, com perlage refinada e abundante. 

Harmonizações:
Onion rings, quibe cru, saladas, paella, arroz com frutos do mar, camarão na moranga e peixes em geral.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
DE R$58,00
R$49,90

Em até 3x de R$16,63 s/ juros

O Espumante Salton Reserva Ouro é um ótimo Espumante Nacional. Produzido pela Vinícola Salton, com um corte das uvas Chardonnay, Pinot Noir e Riesling. Visualmente, apresenta coloração amarelo palha. No nariz, revela aromas de frutas brancas e frutas cítricas, além de notas de pão. Em boca é fresco e persistente, com perlage refinada e abundante.
Mais informações
País: Brasil
Região:
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Espumante Salton Ouro Brut

O Espumante Salton Reserva Ouro é produzido com um corte das uvas Chardonnay, Pinot Noir e Riesling, oriundas de vinhedos localizados na Serra Gaúcha, no Brasil. As uvas são colhidas manualmente e passam por um processo de dupla seleção, nos vinhedos e na adega. Após o desengace das uvas, o mosto é extraído em prensas pneumáticas. A primeira fermentação é realizada com leveduras selecionadas, sob temperatura controlada. A segunda fermentação ocorre em autoclaves, segundo o Método Charmat. O espumante amadurece sob suas leveduras, durante um período de seis meses e é filtrado e estabilizado antes de ser engarrafado.

Onion rings, quibe cru, saladas, paella, arroz com frutos do mar, camarão na moranga e peixes em geral.

A empresa foi formalmente constituída em 1910, quando os irmãos Paulo, Ângelo, João, José, Cézar, Luiz e Antônio deram cunho empresarial aos negócios do pai, o imigrante Antonio Domenico Salton. Até então, a família produzia vinhos sem muito compromisso, como a maioria dos imigrantes italianos. Os irmãos passaram a se dedicar ao cultivo de uvas e à elaboração de vinhos, espumantes e vermutes, fundando a "Paulo Salton & Irmãos", no centro de Bento Gonçalves. Hoje é uma das mais importantes vinícolas do país.