Espumante Nino Franco Rustico Valdobbiadene Prosecco
Itália
Vêneto, Itália

Espumante Nino Franco Rustico Valdobbiadene Prosecco Superiore Brut DOCG

O Rustico é produzido com a uva Glera (nome oficial e atual da Prosecco) de vinhedos das faixas medianas e altas das colinas da região. “O Rustico é um Prosecco bastante exuberante e intenso (…), está longe de ser um simples vinho de coquetel e, com certeza, será melhor na mesa do que só”

 

Harmonizações:
Delicioso como aperitivo e com antepastos ou pratos delicados à base de peixes e risotos, bem como com sushis e sashimis.
Classifique esse vinho
compre agora e garanta o melhor preço
R$187,00

Em até 3x de R$62,33 s/ juros

O Rustico é produzido com a uva Glera (nome oficial e atual da Prosecco) de vinhedos das faixas medianas e altas das colinas da região. “O Rustico é um Prosecco bastante exuberante e intenso (...), está longe de ser um simples vinho de coquetel e, com certeza, será melhor na mesa do que só” 
Mais informações
País: Itália
Região:
Produtor:
Uva: Glera
Teor Alcoólico:
Volume da Garrafa:
Temperatura de serviço:
Espumante Nino Franco Rustico Valdobbiadene Prosecco

Em tanques de aço inoxidável sob temperatura controlada. Passa pelo método Charmat (2ª fermentação em auto-claves). Amadurece em tanques de aço inoxidável sob temperatura controlada.

Delicioso como aperitivo e com antepastos ou pratos delicados à base de peixes e risotos, bem como com sushis e sashimis.

"Os leitores que queiram experimentar o que há de mais fino entre os Proseccos devem colocar Nino Franco no topo de suas listas de compras" (Antonio Galloni, crítico da Wine Advocate, periódico criado por Robert Parker). A "Cantine Franco" foi fundada por Antonio Franco em 1919 no município de Valdobbiadene, localizado na região pré-alpina do Vêneto, famoso pela uva Prosecco (hoje, oficialmente chamada “Glera”)e seus espumantes. A vinícola da família Franco se orgulha de ser uma das mais antigas produtoras de vinho de Valdobbiadene e, graças a uma cuidadosa e sábia gestão, vem crescendo e evoluindo ao longo de quatro gerações. Antonio fundou a casa, Nino a expandiu e rebatizou, e Primo Franco, ajudado por sua mulher Annalisa e, atualmente, também por sua filha Silvia, vem incrementando a performance da vinícola durante as três últimas décadas.